Logo

MEI, qual o procedimento de baixa pelo falecimento?

CGSIM redefine procedimento de baixa do MEI por óbito

O Comitê para Gestão da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (CGSIM), mediante a Resolução 52/2020, dispõe que a baixa do MEI por óbito, a ser realizada de ofício pela Receita Federal no CNPJ após a comunicação recebida do sistema CPF com os cartórios, corresponderá à data do óbito.

Se a informação do óbito no CPF não vier dos sistemas dos cartórios, a baixa de ofício do CNPJ será a data em que a informação foi inserida no sistema CPF, ou a data de 31 de dezembro do ano do óbito, caso a informação tenha sido inserida no sistema CPF em ano posterior ao falecimento.

A Resolução 52 altera a Resolução 48 CGSIM/2018.


Voltar


Compartilhar

Todos os direitos reservados ao(s) autor(es) do artigo.

Localização

Fone: (13) 3326-8430

Praça Dr. Bernardino de Campos nº 57 - Centro em São Vicente/SP - CEP: 11310-300

Direitos Reservados à ® | 2021